Bem vindo ao Centro Educacional Kyoko Oti
Conheça um pouco da nossa história.

Nossa empresa reflete a dedicação de sua fundadora. Por isso, para falar do Centro Educacional Kyoko Oti, não podemos deixar de fazer um breve histórico de sua diretora.

A professora Kyoko Oti é natural de Hiroshima, Japão, viveu no final da década de 40, poucos anos depois do término da Segunda Guerra Mundial. Sua cidade ficou conhecida após os norte-americanos lançarem a primeira bomba atômica, em 1945. A casa de seus pais ficava nos arredores de Hiroshima e não foi atingida pela bomba. Na cidade vizinha, Okayama, estudou enfermagem. Depois foi para Tóquio, onde trabalhou no Kukuritsu Gan Center, um famoso hospital de câncer. Lá conheceu Henrique Takeshi, um brasileiro, descendente de japoneses e nascido na Amazônia, que fazia residência em Medicina, com bolsa do Japan International Corporation Agency (JICA).

Kyoko Oti foi uma das fundadoras da Escola de Língua Japonesa de Belém, no qual começou como professora de língua japonesa e, foi diretora de 1995 a 2006. Essa instituição foi a segunda escola-modelo do Brasil, depois de São Paulo.

Oti também foi uma das principais responsável pela fundação do Centro Educacional Nipo-Brasileiro Novo Mundo em 1999, escola a qual foi diretora Geral e desempenhou um excelente trabalho até 2006. Foi no Novo Mundo que implantou o Festival da Cultura Japonesa e Brasileira, festival esse que já vinha sendo realizado antes somente com a cultura japonesa.

Mas a saga de Kyoko não parou. A professora carregava um sonho em fundar sua própria escola. Foi daí que em 2007começou a sua nova empreitada, o qual fundou o Centro Educacional que leva o seu nome.

A proposta de ensino foi mantida, no entanto com mais ousadia. A escola de Kyoko conta hoje com  alunos de Língua Japonesa e  alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental e Integral. No entanto, foi implementada na grade curricular do Centro Educacional Kyoko Oti, as língua Japonesa e Inglesa desde os 4 anos de idade.

No Centro Educacional Kyoko Oti (CEKO) existe o Encontro Cultural Brasil Japão que acontece uma vez ao ano no mês de maio.

Texto: Suely Nascimento
Adaptação: Ronaldo Jorge

 

Linha do Tempo de Kyoko

1947 -Em 16 de março, nasceu em Kouzan-tyou, Sera-gun – Província de Hiroshima;

1965 – Formou-se no Científico em Sera-gun, Província de Hiroshima;

1968 – Graduou-se em Enfermagem, na Escola do Hospital Federal de Okayama;

1969 – Matriculou-se na Faculdade Aoyama Gakuin, no curso de Literatura;

1971 – Casou-se com o Dr. Henrique Takashi Oti e migrou-se para o Brasil – casamento que gerou seus dois filhos: Dr. Henrique Kenji Oti e Dr. André Oti;

1979 – Tomou posse da presidência do departamento Cultural na comemoração de 50 anos da imigração japonesa na Amazônia, patrocinada pela Associação Pan-Amazônia Nipo Brasileira;

1984 – Tomou posse da Presidência da Associação de Damas Japonesas;

           – Tornou-se responsável pelo Centro de Estudos de Língua Japonesa no Pará;

1985 – Fundou “Escola de Língua Japonesa Asai”, administrada pela Associação Pan-Amazônia Nipo Brasileira;

1986 – Iniciou a carreira de professora de Língua Japonesa na “Escola de Língua Japonesa de Belém”, uma das escolas MODELO que foi estabelecida pala JICA no Brasil.;

1986 – Fundou a escola “URASENKE” do Pará, no qual ensinava sobre o Chado – Cerimônia do Chá Japonês.

1990 – Tornou-se vice diretora da Escola de Língua Japonesa de Belém, tornando-se também vice presidente da Associação dos Pais da Escola;

1992 – Participou do 1º Congresso para Professores de Língua Japonesa Pan América, na Argentina, durante 45 dias;

1999 – Fundou o Centro Educacional Novo Mundo, administrada pela Associação Nikkei de Belém, assumindo a direção geral;

2007 – Fundou sua própria Escola, no qual leva seu nome – Centro Educacional Kyoko Oti, sendo uma das pioneiras a implantar o ensino Integral no Pará, para as turmas da Educação Infantil e Ensino Fundamental;

2008 – Tornou-se Presidente da Associação da Província de Hiroshima do Norte do Brasil;

2009 – Foi homenageada com título honorífico de Honra ao Mérito pela Câmara Municipal de Belém, pelos serviços prestados na Amazônia e Belém do Grão Pará;

2010 – Recebeu premiação “Mulher Padrão”

2011 – Teve sua primeira graduação no Brasil,  Curso de Pedagogia;

2012 – Premiação “Mulheres que Brilham e Mães 2012”

2012 – Premiação “Mães de Março 2012”;

2012 – Promoveu o 1º Congresso Montessoriano no Pará, com palestrantes da OMB e com Especialistas em Montessori no Pará.

2015 – Recebeu Diploma de Honra ao Mérito – Centro Brasileiro de Língua Japonesa – São Paulo/SP pelos relevantes serviços relacionados a Cultural e Língua Japonesa;

2015 – Diploma de Honra ao Mérito – Centro de Difusão de Língua Japonesa do Norte do Brasil – Belém/PA pelos relevantes serviços relacionados a Cultural e Língua Japonesa;

2015 – Recebeu “Troféu Nature of Defense 2015”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*